Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

sábado, 16 de janeiro de 2010

HEMOFILIA E O CUIDADO COM OS DENTES

hamas, Irã, terrorismo, islã, Siria

O cuidado com os dentes no hemofílico devem ser levados em alta conta, com visitas freqüentes ao dentista, preventivamente.



O objetivo é evitar que o não cuidado com os dentes acabe gerando problemas odontológicos ou ortodônticos que demandem tratamentos invasivos que provoquem sangramentos, pois quando esses tem de ser feitos, exigem acompanhamento médico e aplicação do hemoderivado (fator de coagulação).


Eu particularmente extrai quatro sisos, e em todos, tive de passar no médico, e receber fator, um dia antes, no dia e alguns dias depois, mas sem problemas por isso.

Prevenção:

A grande maioria dos problemas relacionados aos dentes podem ser evitados com uma escovação adequada e o uso do fio dental. Pois através da odontologia curativa (restaurações, extrações, tratamentos de canal...) não se obtém resultado no controle dessas doenças. 

Cerca de 95% dos brasileiros sofrem de cárie e doença das gengivas (doença periodontal), mesmo com grande número de dentistas por habitante. Um dos períodos mais importantes para se prevenir as cáries é durante a erupção dos dentes, sejam eles "de leite" ou permanentes.



Qual  A Idade Para Começar A Levar Meu Filho Ao Dentista?
Quanto antes melhor e sempre que achar necessário, mesmo que ele não apresente sangramentos ou cáries.


MEU FILHO PODE COMER TODOS OS TIPOS DE ALIMENTOS?


Sim, porém saiba:Existem alimentos que facilitam a formação de cáries e doenças na gengiva, o que pode gerar sangramentos. Alimentos como biscoitos, recheados ou não, balas, doces, refrigerantes e salgadinhos de pacotes grudam nos dentes e causam cárie. Após comê-los escove bem os dentes.

DICAS:

* Mel e açúcar mascavo também causam cáries. * A mamadeira noturna não deve conter açúcar e achocolatados * Sempre limpe a boca do seu filho após as mamadas.



OS DENTES DE LEITE:

Os dentes de leite são muito importantes para o crescimento da face da criança (ossos, músculos e dentes); Guardar espaço para o dente permanente nascer no lugar certo; 


PREVENÇÃO:

* Correta higienização com escova e fio dental; 

* Consumo inteligente do açúcar; * Uso correto de flúor, para fortalecer os dentes;* Acompanhamento da saúde bucal pelo dentista.

* A escovação deve ser feita, idealmente, em um local de boa iluminação e na frente do espelho, pelo menos no período de aprendizagem da técnica correta. 


Com o tempo, você assimilará a técnica e conhecerá melhor os seus dentes, podendo dispensar o espelho e retomar seu hábito. Sempre com pouquíssima pasta, ou até mesmo sem pasta de dente.



Escova:

* Deve ter pontas arredondadas para não ferir a gengiva;

◦ Deve ter Cerdas de nylon macias e agrupadas em tufos; 

* Precisa de superfície da parte ativa plana;

* Sua  dabeça pequena para alcançar até os últimos dentes.

Observação: Lave sempre sua escova com água corrente após o uso;
Troque sua escova aproximadamente a cada 3 meses. 


O creme dental


A escolha adequada do creme dental é feita individualmente para cada pessoa, por isso consulte seu dentista. Observe sempre se possui flúor em sua composição. 

Utilize uma quantidade pequena (tamanho de uma ervilha) para a escovação.

Não engula a pasta de dente durante ou após a escovação. O flúor pode ser tóxico se ingerido em grande quantidade.


Horários para escovação:

Escove os dentes ao acordar, isto é um hábito bastante saudável pois ajuda você a enfrentar o dia com mais disposição e um hálito melhor pela manhã.

Além disso, procure escovar os dentes sempre após as principais refeições. Ou pelo menos antes de dormir (a escovação mais importante), pois durante a noite o acúmulo de placa bacteriana é maior, devido à redução da quantidade de saliva (que "limpa" a placa), disponível na boca durante a noite.


Técnica para escovação:


Dentes Superiores:

* Inicie pelos últimos dentes de cima, do lado direito e pela superfície interna seguindo até o lado esquerdo (movimento de "varrer" ).

* Passe à superfície externa dos dentes, iniciando agora pelo lado esquerdo e terminando no direito (movimento de "varrer").

* Ainda do lado direito, escove atrás dos últimos dentes e passe a escovar a superfície mastigatória dos dentes até o lado esquerdo. Ao chegar do lado esquerdo, escove atrás dos últimos dentes (movimento de vai-vêm).


Dentes Inferiores:

* Repita como indicado para os dentes superiores.

* Escove a língua

* Movimento de "Varrer": Inicialmente, os movimentos devem ser feitos como se você estivesse varrendo a placa bacteriana da gengiva para os dentes. 

Para isso, a escova deve ser colocada inicialmente inclinada junto ao dente e pressionada levemente para limpar o sulco gengival (espaço entre o dente e a gengiva). A seguir, com movimento de rotação "varre-se" a placa bacteriana para fora do dente.


Movimento de "Vai-Vêm": Quando estiver escovando as superfícies mastigatórias use o movimento de "vai-vem" esfregando a superfície dental para frente e para trás e escove atrás dos últimos dentes. 

Deve-se repetir os movimentos de 5 a 10 vezes por grupo dental, conforme a maior ou menor tendência de acúmulo de placa bacteriana, indicada pela revelação de placa. Insista com mais movimentos nas regiões onde o acúmulo de placa é maior.

Sangramento:

Escovar os dentes ou passar o fio dental não provoca sangramentos. Mesmo que haja sangramento, continue escovando e usando o fio dental. Usar sempre escovas macias e troque-as quando suas cerdas ficarem abertas.



Uso do fio dental:

* Para limpeza das regiões entre os dentes, onde a escova não consegue remover os resíduos alimentares e a placa bacteriana, deve ser usado o fio dental. 


Você deve usar o fio dental diariamente, antes da última escovação noturna.

O fio dental deve ser passado entre todos os dentes, superiores e inferiores, e atrás dos últimos dentes.

* Os dentes do fundo da boca são, pela maior dificuldade de higienização, os mais atacados pela cárie e merecem cuidado especial.



NO CASO DE PERDA DO DENTE DE LEITE 
POR TRAUMA (SE MEU FILHO BATER A BOCA), O QUE DEVO FAZER?

Avise o médico hematologista ou ao Centro de Hemofilia onde seu filho é cadastrado para que os cuidados no controle do sangramento sejam realizados. 

Enquanto isso leve seu filho ao dentista ou entre em contato com esse profissional a fim de que a área seja examinada e radiografada, mesmo que não haja perda ou quebra do dente. 

Caso ocorra quebra ou perda total do dente, coloque o pedaço ou o dente inteiro em um recipiente com soro fisiológico ou leite e leve junto com seu filho ao seu dentista de confiança. 

Lá, o dentista vai avaliar a região, radiografar e tomar providências de colagem do pedaço ou recolocação do dente quando possível.Se não for possível colocar o dente no soro ou leite, coloque-o na sua boca (debaixo da língua), deixando em contato com a saliva até chegar ao dentista.

mais postagens

Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

Juntos Somos Mais Fortes...

No que estiver a nosso alcance ajudamos. O Jhoset Velasques diante das dificuldades na Venezuela veio pro Brasil... nós pediu contato de alguém que possa ajuda-lo. O Geovane tem Vonwillebrand e não está conseguindo profilaxia. Estamos tentando ajudar..


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

Com Prevenção, Férias É Só Curtição.

Acho que até dona hemofilia tirou férias e foi pra Sibéria, eu colocando atividade física em dia e a leitura, pretendo acampar. Mães a beira de um hemoinfarte pelas estrepulias dos pequenos. Publicamos dicas de segurança pra férias seguras. .

+Leia Tudo.


LEIA TAMBÉM:



HEMOFILIA E HEMOFÍLICOS

tudo sobre hemofilia

ASSOCIAÇÕES
APH
Festa de fim de ano do HC-SP.Dia mundial no museu.
CHESP
AHESC
Halowen agita crianças no CHESP.AHESC com móveis novos.

tudo sobre hemofilia

AVENTUREIROS

ESCALADA
Um dos vencedores era hemofílico.Adventures Of Hemophilic, escalando pela hemofilia.
DESÁFIO
ENCONTRO
Hemofílicos no Desafio de Caribe, Ermanamento Brasil Venezuela.

HEMOFÍLICOS FAMOSOS