Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

sábado, 16 de janeiro de 2010

HEMOFILIA E O CUIDADO COM OS DENTES

hamas, Irã, terrorismo, islã, Siria

O cuidado com os dentes no hemofílico devem ser levados em alta conta, com visitas freqüentes ao dentista, preventivamente.



O objetivo é evitar que o não cuidado com os dentes acabe gerando problemas odontológicos ou ortodônticos que demandem tratamentos invasivos que provoquem sangramentos, pois quando esses tem de ser feitos, exigem acompanhamento médico e aplicação do hemoderivado (fator de coagulação).


Eu particularmente extrai quatro sisos, e em todos, tive de passar no médico, e receber fator, um dia antes, no dia e alguns dias depois, mas sem problemas por isso.

Prevenção:

A grande maioria dos problemas relacionados aos dentes podem ser evitados com uma escovação adequada e o uso do fio dental. Pois através da odontologia curativa (restaurações, extrações, tratamentos de canal...) não se obtém resultado no controle dessas doenças. 

Cerca de 95% dos brasileiros sofrem de cárie e doença das gengivas (doença periodontal), mesmo com grande número de dentistas por habitante. Um dos períodos mais importantes para se prevenir as cáries é durante a erupção dos dentes, sejam eles "de leite" ou permanentes.



Qual  A Idade Para Começar A Levar Meu Filho Ao Dentista?
Quanto antes melhor e sempre que achar necessário, mesmo que ele não apresente sangramentos ou cáries.


MEU FILHO PODE COMER TODOS OS TIPOS DE ALIMENTOS?


Sim, porém saiba:Existem alimentos que facilitam a formação de cáries e doenças na gengiva, o que pode gerar sangramentos. Alimentos como biscoitos, recheados ou não, balas, doces, refrigerantes e salgadinhos de pacotes grudam nos dentes e causam cárie. Após comê-los escove bem os dentes.

DICAS:

* Mel e açúcar mascavo também causam cáries. * A mamadeira noturna não deve conter açúcar e achocolatados * Sempre limpe a boca do seu filho após as mamadas.



OS DENTES DE LEITE:

Os dentes de leite são muito importantes para o crescimento da face da criança (ossos, músculos e dentes); Guardar espaço para o dente permanente nascer no lugar certo; 


PREVENÇÃO:

* Correta higienização com escova e fio dental; 

* Consumo inteligente do açúcar; * Uso correto de flúor, para fortalecer os dentes;* Acompanhamento da saúde bucal pelo dentista.

* A escovação deve ser feita, idealmente, em um local de boa iluminação e na frente do espelho, pelo menos no período de aprendizagem da técnica correta. 


Com o tempo, você assimilará a técnica e conhecerá melhor os seus dentes, podendo dispensar o espelho e retomar seu hábito. Sempre com pouquíssima pasta, ou até mesmo sem pasta de dente.



Escova:

* Deve ter pontas arredondadas para não ferir a gengiva;

◦ Deve ter Cerdas de nylon macias e agrupadas em tufos; 

* Precisa de superfície da parte ativa plana;

* Sua  dabeça pequena para alcançar até os últimos dentes.

Observação: Lave sempre sua escova com água corrente após o uso;
Troque sua escova aproximadamente a cada 3 meses. 


O creme dental


A escolha adequada do creme dental é feita individualmente para cada pessoa, por isso consulte seu dentista. Observe sempre se possui flúor em sua composição. 

Utilize uma quantidade pequena (tamanho de uma ervilha) para a escovação.

Não engula a pasta de dente durante ou após a escovação. O flúor pode ser tóxico se ingerido em grande quantidade.


Horários para escovação:

Escove os dentes ao acordar, isto é um hábito bastante saudável pois ajuda você a enfrentar o dia com mais disposição e um hálito melhor pela manhã.

Além disso, procure escovar os dentes sempre após as principais refeições. Ou pelo menos antes de dormir (a escovação mais importante), pois durante a noite o acúmulo de placa bacteriana é maior, devido à redução da quantidade de saliva (que "limpa" a placa), disponível na boca durante a noite.


Técnica para escovação:


Dentes Superiores:

* Inicie pelos últimos dentes de cima, do lado direito e pela superfície interna seguindo até o lado esquerdo (movimento de "varrer" ).

* Passe à superfície externa dos dentes, iniciando agora pelo lado esquerdo e terminando no direito (movimento de "varrer").

* Ainda do lado direito, escove atrás dos últimos dentes e passe a escovar a superfície mastigatória dos dentes até o lado esquerdo. Ao chegar do lado esquerdo, escove atrás dos últimos dentes (movimento de vai-vêm).


Dentes Inferiores:

* Repita como indicado para os dentes superiores.

* Escove a língua

* Movimento de "Varrer": Inicialmente, os movimentos devem ser feitos como se você estivesse varrendo a placa bacteriana da gengiva para os dentes. 

Para isso, a escova deve ser colocada inicialmente inclinada junto ao dente e pressionada levemente para limpar o sulco gengival (espaço entre o dente e a gengiva). A seguir, com movimento de rotação "varre-se" a placa bacteriana para fora do dente.


Movimento de "Vai-Vêm": Quando estiver escovando as superfícies mastigatórias use o movimento de "vai-vem" esfregando a superfície dental para frente e para trás e escove atrás dos últimos dentes. 

Deve-se repetir os movimentos de 5 a 10 vezes por grupo dental, conforme a maior ou menor tendência de acúmulo de placa bacteriana, indicada pela revelação de placa. Insista com mais movimentos nas regiões onde o acúmulo de placa é maior.

Sangramento:

Escovar os dentes ou passar o fio dental não provoca sangramentos. Mesmo que haja sangramento, continue escovando e usando o fio dental. Usar sempre escovas macias e troque-as quando suas cerdas ficarem abertas.



Uso do fio dental:

* Para limpeza das regiões entre os dentes, onde a escova não consegue remover os resíduos alimentares e a placa bacteriana, deve ser usado o fio dental. 


Você deve usar o fio dental diariamente, antes da última escovação noturna.

O fio dental deve ser passado entre todos os dentes, superiores e inferiores, e atrás dos últimos dentes.

* Os dentes do fundo da boca são, pela maior dificuldade de higienização, os mais atacados pela cárie e merecem cuidado especial.



NO CASO DE PERDA DO DENTE DE LEITE 
POR TRAUMA (SE MEU FILHO BATER A BOCA), O QUE DEVO FAZER?

Avise o médico hematologista ou ao Centro de Hemofilia onde seu filho é cadastrado para que os cuidados no controle do sangramento sejam realizados. 

Enquanto isso leve seu filho ao dentista ou entre em contato com esse profissional a fim de que a área seja examinada e radiografada, mesmo que não haja perda ou quebra do dente. 

Caso ocorra quebra ou perda total do dente, coloque o pedaço ou o dente inteiro em um recipiente com soro fisiológico ou leite e leve junto com seu filho ao seu dentista de confiança. 

Lá, o dentista vai avaliar a região, radiografar e tomar providências de colagem do pedaço ou recolocação do dente quando possível.Se não for possível colocar o dente no soro ou leite, coloque-o na sua boca (debaixo da língua), deixando em contato com a saliva até chegar ao dentista.

mais postagens


ABAIXO ASSINADO

Quarta- Feira, 15 de novembro

15/11/17

NOTA

*Um abaixo assinado foi criado por Maiana Batazza solicitando ao Ministro da Saúde explicações reportagens relacionados à Hemobras e que levaram a receios de problemas com as compras de recombinantes. Embora ação individual, sem vinculo com a FBH, legitima pois o controle social um direito de todos. Nossa opinião. Entenda o Caso...


NOTICIAS DAS ASSOCIAÇÕES

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes




HEMOFÍLICOS FAMOSOS

Eventos que participamos e cobrimos



Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .