Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

domingo, 23 de março de 2014

HEMOMINAS PARTICIPA DO PROJETO CAMPEÕES DO CARINHO

 aconteceu este ano (2014) uma parceria entre a Johnson e a Hemominas. 


A Fundação Hemominas é um dos 12 hemocentros públicos do país que vão participar do projeto de doação de sangue denominado "Tour do Carinho", promovido pela Johnson. 

Esse projeto envolve as cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo. Em Belo Horizonte, as coletas estão previstas para acontecer de 13 a 16 de maio, na Praça Sete, centro de BH. 

A iniciativa é uma parceria entre os hemocentros das cidades-sede e a empresa incentivadora, a Johnson Johnson, que cede unidades móveis e apoio administrativo de forma itinerante. 

Além de garantir os estoques de sangue, outro objetivo do projeto é mobilizar novos doadores. 

O projeto tem coisas lindas: além do ônibus que percorrerá as capitais, os doadores farão parte da criação do artista visual Eduardo Srur.

A obra simula uma bolsa de sangue vazia de 4 metros de altura, que será preenchida com corações de vinil assinados pelos doadores. 

Cada coração representa uma doação e quatro vidas salvas.

A Hemominas sempre inova em suas campanha de doação de sangue,  sendo não só por isso, como pelo seu compromisso com a qualidade e eficiência referência não só no Brasil como no mundo. 

O projeto Na Veia é outra iniciativa da Hemominas que com criatividade alerta para a importância da doação de sangue. Em uma das últimas campanha da Fundação, pessoas são apresentados a pacientes que esperam por uma doação em um hospital, para as quais pretendem doar sangue. 















O comercial encerra com o bordão, “você não precisa conhecer para doar.” Em outro vídeo, é um acidente de trânsito, e a vítima precisa de uma doação urgente, e o futuro doador  é apresentado a ela.

Você não precisa conhecer para doar, e com esse gesto tão simples se pode salvar vidas, uma única doação pode beneficiar não uma pessoa, mas várias, pois o sangue é fracionada. 

O projeto campeões do carinho reconhece e apoia as boas práticas que fazem a diferença no tratamento médico. 

Além deste trabalho com os hemocentros, escolhidos pelo reconhecimento do seu trabalho, e objetivando incentivas as doações de sangue, haverá ainda um concurso,  onde serão reconhecidas as instituições que mais tenham impactado  positivamente a vida dos pacientes através dos atos de carinho. Ser Campeão do Carinho é dedicar tempo e energia no cuidado com o outro. São instituições que atuam proativamente e com atos admiráveis de solidariedade.









Nenhum comentário:


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17

Hemo Diário

*A Saudações Hemofílicas. Nem sempre chegar é o melhor. Curtir a viagem também faz parte do jogo. Nem sempre temos tudo que queremos, mas podemos fazer o melhor Não deu certo? Recomece. Tá difícil? Mexa se, faça acontecer... tá vivo é pra viver....


* Calar e ouvir não te torna o mais fraco, mas revela. O mais forte nem sempre é o que não tem dor, mas o que a transforma em flor. Das pedras do caminho, faça pontes... A hemofilia rima com alegria sim. Tá vivo é pra viver.




Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17


* A Associação dos Hemofílicos do Piaui esta reestruturando a sede, precisando das janelas.... lembrando que ela já foi até furtada, agora com cerca eletríca, telhado e precisa de sua ajuda pra continuar as reforma... informe se (86) 999496200 com a Izabel 988177796 e com Luíza


* Hoje mais uma turma fez radiosinoviertese no Rio de Janeiro com a doutora Sylvia Thomas. Desejando melhoras a todos./p>







GUERREIROS DE SANGUE - HISTÓRIAS

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Rafael não tem medo de agulhada, mas de faltar fator.
3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Eleição da FBH
p

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

Eventos que participamos e cobrimos

Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .