Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

ACREDITAÇÃO - HEMOMINAS RECEBE HOMENAGEM NO HEMO 2015

Júnia Cioffi e servidores da Hemeonias comemeoram recebimetno do certificado do Programa de Acreditação AABB/ABHH

 27/11/2015 10:54

 Júnia Cioffi e servidores da Hemeonias comemoram recebimetno do certificado do Programa de Acreditação ABHH.

A Fundação Hemominas recebeu, nessa quinta-feira (19), o Certificado do Programa de Acreditação AABB/ABHH. 

 A homenagem, que reconhece o trabalho das instituições quanto à qualidade da segurança da transfusão de sangue e dos transplantes realizados no Brasil, foi prestada pelo Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular – HEMO 2015, realizado em São Paulo, de 19 a 22 de novembro. 

A distinção deve-se à certificação internacional de Gestão em Hemoterapia da American Association of Blood Banks (AABB) e da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), obtida pelo Hemocentro de Belo Horizonte (HBH) em março deste ano. 

 Entregue à Fundação pelo presidente da ABHH, Dimas Tadeu Covas, e pelo vice-presidente da AABB Naynesh Kamani (foto capa/RSPress) durante abertura do evento, a placa tem os dizeres: “Reconhecimento da ABHH pela obtenção da Acreditação no Programa de Acreditação conjunto ABHH & AABB”. 

Ao recebê-la, a presidente da Fundação, Júnia Cioffi, destacou a importância da homenagem: “Para a Hemominas, este reconhecimento é muito importante porque reflete todo o trabalho e dedicação de toda a equipe do Hemocentro em Belo Horizonte, mas também das demais unidades e da Administração Central que participaram ativamente da melhoria dos processos de gestão em Qualidade da Hemominas.” Para conquistar o certificado, o HBH teve que atender aos requisitos da AABB/ABHH, relativos à qualidade e segurança das atividades de coleta, processamento, armazenamento, distribuição, testes laboratoriais, infusão de sangue e hemocomponentes, entre outros.

 A adequação exigiu a reformulação dos processos, treinamentos e toda a parte de consultoria, procedimentos que demandaram mais de dois anos. 

 Também pesquisadores da Hemominas de diversas unidades participaram do HEMO 2015 em mesas redondas e também com apresentação de trabalhos, pôsteres e resumos a serem incluídos nos Anais do Congresso. A presença deles no Congresso foi salientada por Júnia Cioffi: “Podemos perceber como a Hemominas se destaca no cenário nacional, principalmente pela qualidade dos trabalhos apresentados e pela participação dos profissionais no evento”. Gestor responsável: Assessoria de Comunicação Social

QUEM É A HEMOMINAS

Instituída em 26 de dezembro de 1989, através da Lei n° 10.057, a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas), com personalidade jurídica própria, de direito público, vincula-se à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e tem por finalidade assegurar unidade de comando e direção às políticas estaduais relativas à hematologia e hemoterapia, garantindo à população a oferta de sangue e hemoderivados de qualidade. 

 Com origens que remontam a 10 de janeiro de 1985, com a criação do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais, unidade então subordinada à Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), a Fundação Hemominas segue as diretrizes técnicas e legais do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

 A Fundação Hemominas desenvolve atividades nas áreas de prestação de serviço, assistência médica, ensino, pesquisa, desenvolvimento tecnológico, produção, controle de qualidade e educação sanitária.

Missão

Atuar nas áreas de hematologia, hemoterapia, células e tecidos com excelência e responsabilidade social.

Visão

Ser reconhecida como organização de excelência mundial em serviços de saúde.

Valores

  • Comprometimento com a melhoria contínua
  • Conduta orientada pela ética
  • Responsabilidade social
  • Respeito e valorização do ser humano
__________________________________


O hábito de doar sangue requer responsabilidade, compromisso e, principalmente, solidariedade – qualidades que já nascem com a pessoa ou que podem ser cultivadas desde a infância e mesmo despertadas pelo exemplo alheio. Ou quando a necessidade bate à porta. 

O ato traz benefícios para todos: hospitais, pacientes, Hemominas e sociedade, além de dar mais segurança ao cidadão que, a qualquer momento, pode necessitar do procedimento transfusional. 

E quem não pode doar, também pode dar sua contribuição, conscientizando outras pessoas sobre a importância e necessidade desse grande gesto.





Nenhum comentário:




do Diário Postagens opiniões e pensamentos



Quarta- Feira, 27 de setembro


clique e leia tudo

*18 de outubro foi dia dos médicos, parabéns e obrigado a todos os anjos de jaleco.


* Acontece no Espírito Santo, o primiro Hemojogos, 28 de outubro, no parque da Vale. Leia mais.


* Dia 27 de outubro tem Embaixadores da Hemofilia em São Paulo. Clique para saber mais.





LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes




Eventos que participamos e cobrimos



Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .