.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

INCÊNDIO FÁBRICA DA HEMOBRÁS

GRANDE RECIFE - 2015

Um grande Incêndio atingiu na terça-feira, dia 16 de setembro, a  empresa Cone, no Cabo de Santo Agostinho em Pernambuco, e segundo informações da imprensa,  não houve vítimas.

Bombeiros enviaram 11 viaturas para o local.

O incêndio atigiu a empresa Cone MultiModal com cerca de 2 mil metros quadrados, localizado na BR-101 Sul, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (RMR). 











Conforme o Jornal Correio repassou o corpo de Bombeiros enviou 50 bombeiros e 11 viaturas. 

Não houve vítimas.

Em nota, a empresa afirmou que tomou todas as medidas. 

Confira a íntegra da nota:

A direção da Cone S/A informa que todas as medidas foram tomadas para conter o incêndio que atingiu o galpão quatro do Cone Multimodal, na noite desta terça-feira (16). 

O empreendimento tem um plano de controle de incêndio que entrou em ação imediatamente para controlar as chamas. 


Além disso, o Corpo de Bombeiros também foi acionado para ajudar na operação de controle e para evitar que o fogo atingisse outras áreas do Cone Multimodal. 


O incêndio se restringiu apenas ao galpão quatro. Até o momento, não se sabe o que provocou o incêndio. Só depois de finalizada a operação de rescaldo e com a perícia do local é que será possível detectar as causas. 


Não foi registrado nenhum ferido na área. 


No local funcionavam operações logísticas.

Apesar de ter atingido o estoque do Governo Federal de medicamentos para tratamento de hemofilia, o incêndio da última terça (16), no Cabo de Santo Agostinho, não irá comprometer o abastecimento de fármacos no país. 

As informações são da Federação Brasileira de Hemofilia (FBH).


De acordo com Guy Joseph Bruène, gerente de Plasma e Hemoderivados da Hemobrás, o abastecimento está garantido para os próximos seis meses e, em caso de necessidade, será possível aumentar os estoques. 

Dessa forma, pacientes e cuidadores poderão continuar o tratamento com o Fator VIII, medicamento cujo estoque foi atingido pelo fogo, sem interrupções. 


 O remédio é responsável por inibir as hemorragias internas e externas de pessoas hemofílicas, que sofrem um tipo de problema na coagulação do sangue.

“Não é necessária preocupação, pois o incêndio não irá afetar o abastecimento e consequentemente os tratamentos de profilaxia, que atua na prevenção dos sintomas e também nas doses domiciliares de pessoas e crianças com hemofilia”, informa a gerente.

A Hemobrás também divulgou nota de esclarecimento informando que não há riscos de desabastecimento. 

Clique Para Ler.

Reiteramos que não há no momento motivo para pânico. 

Os estoques dos Centros de Hemofilia já foram abastecidos para este ano e há estoques ainda sendo liberados em alguns portos e aeroportos e como o fator perdido estava segurado, o valor deverá ser usado para sua reposição. 




















Reações:

0 comentários: