Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

HEMOFÍLICO CRIA CALENDÁRIO PARA ARRECADAR FUNDOS PARA TRATAMENTO DE HEMOFILIA

Max Levy tem 5 anos e desde  que seus pais descobriram que ele tem hemofilia, ele se trata no  CHOP, Children's Hospital Of  Philadelphia (Hospital Infantil da Filadelfia).

Todos os  anos, Max e sua irmã Zoe criam algum  evento de caridade para arrecadar doações para o hospital. 





Este ano, Zoe queria fazer algo maior, uma arrecadação maior.  Zoe, que tem 8 anos de idade, conta que, começou  a ler uma história sobre uma menina que levantou milhares de dólares para pesquisas sobre cancer, e uma vez que o meu irmão Max tem um distúrbio hemorrágico chamada de hemofilia, eu queria fazer algo para levantar o dinheiro para a pesquisa de hemofilia. A hemofilia não tem cura.  

Descobrimos que Maxi era hemofílico  quando tinha nove meses de idade.



 No ano passado ele teve de colocar  um disco de metal no peito, assim como o  Homem de Ferro. Passamos a  chamá-lo de Maxi de Ferro, ele é fã do Homem de Ferro.  
Eu estava pensando o que fazer para levantar o dinheiro e eu queria incluir meus amigos. Finalmente eu pensei para fazer um calendário. Pedi  aos meus amigos para tirar fotos e fazer desenhos  para o calendário. Eu não pude  acreditar  em como foi grande a adesão. Todos disseram sim. 

Todas as imagens em nosso calendário foram feitas por crianças na escola. Todos os meus amigos, e alguns da minha família também que queriam ajudar a sensibilizar as pessoas sobre a  hemofilia. e arrecadar fundos para pesquisas e para o hospital. Esperamos que você faça também faça parte com sua contribuição, disse Zoe, que termina agradecendo.

 As 26 crianças que tomaram fotos para os calendários estão vendendo-os nos Estados Unidos, mas quem quiser ajudar, pode doar pela página que foi criada. , por isso, se você tiver a sorte de viver perto de um deles, certamente você pode comprar um. 

Todos podem fazer sua parte, fazer a diferença, diz Zoe, veja o que um bando de garotos está conseguindo fazer, ela completa.

VIRANDO SUPER HERÓI

Max Levy, após colocar a protese no peito, passou a ser chamado pelos familiares de Maxi de Ferro, Iron Maxi. Como ele é fã do homem de ferro, o pai achou que isso poderia ser um incentivo para que ele tivesse aumentada sua auto-estima.




Depois o pai começou a usar a hastag, #Iron Max, para promover a campanha. E qual não foi a surpresa, quando um dos criadores do Homem de Ferro, Brian Michael Bendis, procurou o pai e disse que poderia criar um personagem inspirado em Max.

Thiago Cardim é especialista em quadrinhos e diz, "O Max da vida real não tem oito anos – na verdade, tem apenas cinco.Quando era bebê, o garoto foi diagnosticado com hemofilia do tipo A, um distúrbio que afeta a capacidade do sangue coagular corretamente.Ano passado, Max foi submetido a uma abertura em seu peito, para a introdução de um implante como parte de seu tratamento. O menino já era maluco por super-heróis. Imagina como ele não pirou quando os pais começaram a comparar aquilo com o reator que Tony Stark carrega em seu peito, para que ele entendesse a operação? O jovem herói ganhou até um apelido: Iron Max. O menino já era maluco por super-heróis. Imagina como ele não pirou quando os pais começaram a comparar aquilo com o reator que Tony Stark carrega em seu peito, para que ele entendesse a operação? 

O jovem herói ganhou até um apelido: Iron Max. 




Quem quiser contribuir:

_________________________________________

 MAX LEVY VIROU IRON MAXI

Nenhum comentário:


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17

Hemo Diário

*A Saudações Hemofílicas. Nem sempre chegar é o melhor. Curtir a viagem também faz parte do jogo. Nem sempre temos tudo que queremos, mas podemos fazer o melhor Não deu certo? Recomece. Tá difícil? Mexa se, faça acontecer... tá vivo é pra viver....


* Calar e ouvir não te torna o mais fraco, mas revela. O mais forte nem sempre é o que não tem dor, mas o que a transforma em flor. Das pedras do caminho, faça pontes... A hemofilia rima com alegria sim. Tá vivo é pra viver.




Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17


* A Associação dos Hemofílicos do Piaui esta reestruturando a sede, precisando das janelas.... lembrando que ela já foi até furtada, agora com cerca eletríca, telhado e precisa de sua ajuda pra continuar as reforma... informe se (86) 999496200 com a Izabel 988177796 e com Luíza


* Hoje mais uma turma fez radiosinoviertese no Rio de Janeiro com a doutora Sylvia Thomas. Desejando melhoras a todos./p>







GUERREIROS DE SANGUE - HISTÓRIAS

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Rafael não tem medo de agulhada, mas de faltar fator.
3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Eleição da FBH
p

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

Eventos que participamos e cobrimos

Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .