Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

DIÁRIO DE UM HEMOFÍLICO, VIVENDO...

parte três

 UM PASSO DE CADA VEZ
Maxi Anarelli

Hemofilia rima sim com alegria, dificuldades são o tempero da viada e depois de toda chuva sempre vem o sol.... 

ermanamento braail venezuela- Foto Maximiliano Anarelli

 No começo era só eu, não conhecia outros como eu. E em cidade do interior quando se tem uma doença rara, é como no seriado "Todo Mundo Odeia O Cris..."
 "So que em vez de ser o carinha que mora logo ali", você é o carinha que mora logo ali que tem problema..."

Mas não era problema pra mim, eu só sentia falta de outros como eu. Não via a hemofilia como uma doença. E  no meu imaginário, eu era um super herói, e as intercorrências da hemofilia, meu ponto fraco - todo super herói tem um. O Batman, basta tirar o cinto de utilidades dele; Super Homem não pode com criptonita. Eu era só não deixar faltar meu hemoderivado. 

Falando nisso, hemoderivado vem do sangue, como no Filme Blade, que usava um hemoderivado, em vez de sair chupando pescocinhos de donzelas por ai. Ele era um vampiro do bem. 

Escrevi a Hemofilosofia, mas era a filosofia de um só. Quando comecei a me tratar na Hemominas, via um ou outro como eu. Mas na pressa, mau dava pra um oi.

O blog me trouxe novos amigos, e a HemoFamília nasceu.

Hoje tenho uma família do tamanho do mundo e amigos mais próximos do que a distância física pode permitir. 

Não é a hemofilia que nos une, mas o amor e a amizade. Juntos somos mais fortes. 

A Hemofilia não é um problema, com ela não tenho dilema, vivo de bem com a vida, sigo na estrada, um dia depois do outro, um passo de cada vez, com fé em Deus, pra dificuldade não tem vez.

POR  MAXIMILIANO ANARELLI

VIAJANDO, FAÇA DO SEU CAMINHO UMA VIAGEM
Maxi Anarelli

 Criar o blog foi desafiar o impossível, sem computador e conhecimento quase zero de programação de internet. Mas Hemofilia News nasceu com a pretensão de ser um portal sobre hemofilia. Em uma lan hause. 

Sonhando fazer faculdade de jornalismo e ser escritor, de bem com a vida e com a hemofilia foi se construindo. Em um concurso de literatura, ganhei o Note (meu notebook hemofílico).  A marca? Fênix - podia ser mais sugestivo.? 

Mas Pudemos com serias restrições orçmentaria, viajar, cobrir eventos.... com a força da fé e do fazer pela convicção. 

não Desafiando o impossível levamos informação e mostramos que, a hemofilia não impede um viver de bem com a vida... 


Do Que Vivi Com A Hemofilia, Tirei Lições, Fiz Minha Filosofia de Vida. Leia Essas E Outras...

Maximiliano Anarelli de Souza


Hemo Jornalista
Por Maxi Anarelli

Me desejei e a todos os demais, hoje, no dia do repórter, feliz dia do repórter a todos os repórteres. Defensores da verdade, informadores e contadores de histórias.



Não sou formado em jornalismo. Mas ele está no meu sangue. e sou jornalista por convicção e teimosia. Já fui cronista, articulista de jornal.


E aqui estamos com Hemofilia News a mais de 10 anos de trabalho. Já cobrimos eventos, escrevemos matérias, contamos histórias. Um dia realizo meu sonho de fazer faculdade de jornalismo. Jornalista já sou

Maximiliano Anarelli de Souza




Aprendi Com A Hemofilia, Que Tudo Tem Sempre Um Lado Positivo...
Maximiliano Anarelli de Souza



A Hemofilia Me Ensinou
Por Dohany

O que eu aprendi com a hemofilia e com as pessoas que conheci através dela ?! 

Aprendi que podemos ter duas famílias. 

prendi que os médicos são anjos que usam jalecos, que os enfermeiros são heróis q usam roupas brancas. 
Aprendi q o fator tem poderes mágicos. 
Aprendi q as agulhadas não incomodam tanto e que cada furadinha é super do bem. 
Aprendi a valorizar cada passo dado, até mesmo aqueles que dou quando estou mancando. E que andar livremente é maravilhoso, que ser independente neste aspecto é pura ostentação. Aprendi que tenho limites que podem ser superados. 

Aprendi que ter flexibilidade é uma das sete maravilhas do mundo.  Aprendi q Deus é meu melhor ouvinte, meu psicólogo fiel.Aprendi a reclamar menos e a agradecer mais, e 

ue devemos ter sempre dois sorrisos para cada dor, cada lágrima derramada.Aprendi a me colocar sempre no lugar do outro. 

Aprendi que o gelo é meu melhor amigo, e que a fisioterapia é altamente necessária.  Aprendi que nada é tão ruim quanto parece, que por mais que a situação esteja difícil, tudo melhora depois. 
Aprendi que toda tristeza é temporária. Aprendi que ninguém consegue viver feliz o tempo todo.
Aprendi que andar de cadeira de rodas é até legal. Aprendi que todo mundo vai saber seu nome aos poucos.  Aprendi que podemos fazer muitos amigos, sejam eles reais ou virtuais.   Aprendi que sou mais forte do que pensei e que não estou sozinha.

  • Texto de Dohany, que tem hemofilia.

q

Cenas Dos Próximos Capítulos
 1   2  3  4 5  6 

Nenhum comentário:


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17

Hemo Diário

*A Saudações Hemofílicas. Nem sempre chegar é o melhor. Curtir a viagem também faz parte do jogo. Nem sempre temos tudo que queremos, mas podemos fazer o melhor Não deu certo? Recomece. Tá difícil? Mexa se, faça acontecer... tá vivo é pra viver....


* Calar e ouvir não te torna o mais fraco, mas revela. O mais forte nem sempre é o que não tem dor, mas o que a transforma em flor. Das pedras do caminho, faça pontes... A hemofilia rima com alegria sim. Tá vivo é pra viver.




Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17


* A Associação dos Hemofílicos do Piaui esta reestruturando a sede, precisando das janelas.... lembrando que ela já foi até furtada, agora com cerca eletríca, telhado e precisa de sua ajuda pra continuar as reforma... informe se (86) 999496200 com a Izabel 988177796 e com Luíza


* Hoje mais uma turma fez radiosinoviertese no Rio de Janeiro com a doutora Sylvia Thomas. Desejando melhoras a todos./p>







GUERREIROS DE SANGUE - HISTÓRIAS

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Rafael não tem medo de agulhada, mas de faltar fator.
3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Eleição da FBH
p

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

Eventos que participamos e cobrimos

Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .