Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

EXERCÍCIOS DE FINAL DE SEMANA TAMBÉM FAZEM BEM A SAÚDE

Agence France-Presse Por France Presse 09/01/2017 19h04 Atualizado há 22 horas

Fazer exercícios apenas nos fins de semana traz benefícios para a saúde, diz estudo Resultados se referem a pessoas que praticam em média 300 minutos de exercícios por semana, concentrados em um ou dois dias.




As pessoas que se exercitam principalmente nos finais de semana podem colher grandes benefícios para a sua saúde, incluindo um risco menor de morrer de câncer e de doenças cardíacas do que as pessoas que não fazem nenhuma atividade física, disseram pesquisadores na segunda-feira (9). Atualmente, os especialistas recomendam que as pessoas façam 150 minutos de atividade física moderada por semana, ou 75 minutos de exercícios intensos. Mas não há consenso sobre a frequência com que uma pessoa precisa se exercitar, e se as atividades devem ser feitas diariamente ou se podem ser condensadas em um ou dois dias. 



Os resultados, publicados na revista médica "Journal of the American Medical Association Internal Medicine", mostraram que há um benefício para as pessoas que concentram todo o seu exercício físico em um ou dois dias da semana, e que são muitas vezes chamados de "guerreiros de fim de semana". 

O estudo revelou que estes guerreiros de fim de semana tendiam a ser homens que praticavam em média 300 minutos de exercícios por semana, em um ou dois dias.  Comparando este grupo com adultos sedentários, os pesquisadores descobriram que aqueles que se exercitaram apenas um ou dois dias por semana tiveram um risco 30% menor de morrer por doenças. O risco de morte por doença cardiovascular foi 40% mais baixo para guerreiros de fim de semana do que para adultos sedentários, e o risco de morte por câncer foi 18% menor.
"É uma notícia muito animadora que ser fisicamente ativo apenas uma ou duas vezes por semana está associado a um menor risco de morte, mesmo entre as pessoas que fazem alguma atividade mas não atingem os níveis de exercício recomendados", disse o autor sênior Emmanuel Stamatakis, professor na Universidade de Sydney. No entanto, para obter benefícios de saúde ótimos com a atividade física é sempre aconselhável cumprir e exceder as recomendações", acrescenta.

 O estudo se baseou em quase 64 mil pessoas que preencheram pesquisas de saúde na Grã-Bretanha, e confiou na intensidade e duração auto-relatadas dos exercícios. Os pesquisadores também advertiram que, uma vez que 90% dos entrevistados eram da raça branca, os benefícios dos exercícios de fim de semana podem não ser generalizáveis para toda a população. 

Na medida certa, a atividade física reduz o risco de morte por doenças cardíacas, hipertensão e diabetes. Ajuda no controle de peso e promove o bem-estar, mas se você praticá-los apenas nos finais de semana, poderá não ter estes benefícios, além de ser maior o risco de lesões. 

 Em contrapartida, o excesso de atividade física pode provocar problemas hormonais e as mesmas lesões para os atletas esporádicos. 

Entre as lesões estão: 

 Luxação: é a separação ou deslocamento das partes ósseas numa superfície articular ou perda completa da superfície de contato entre os ossos de uma articulação. 

O ombroé o campeão das luxações. 
 Tendinite: resposta inflamatória a um micro-trauma de um tendão. Esse mal é mais comum em atletas que fazem esforço físico repetitivo, como os tenistas, que apresentam inflamação do tendão do antebraço. 

Mas, os atletas esporádicos também apresentam tendinites.

Contusão: é uma escoriação, geralmente decorre de pancadas e batidas. Quanto menos resistentes forem os músculos, maior é a contusão.  lesão articular que ocorre quando o movimento numa articulação excede a amplitude normal do movimento, ocorrendo um deslocamento súbito da articulação. O mais comum é a entorse no tornozelo e no joelho.  

Distensão muscular: nome comum para uma ruptura de fibras musculares ou do tecido fibroso do músculo, geralmente causado por um esforço muito grande ou por estresse muscular. Também chamado de estiramento muscular. 

Ruptura de tendão ou ligamento: o joelho é o campeão deste tipo de lesão. 

Músculos fortes protegem mais os ossos, ligamentos e tendões.
 


Fratura: os ossos de pessoas sadias se tornam mais densos e fortes quando submetidos à pressão constante, por isso, pessoas ativas que fazem exercícios com regularidade, têm menos probabilidade de fraturas. 

Tanto os atletas de fim de semana, quanto os atletas profissionais, podem apresentar fraturas por estresse. A dose ideal de atividade física é individual e delimitada pelo prazer e pela dor. Devem ser levados em conta a idade, motivação, aptidão e o biótipo. Sempre com base na avaliação física do indivíduo.




mais postagens


ABAIXO ASSINADO

Quarta- Feira, 15 de novembro

15/11/17

NOTA

*Um abaixo assinado foi criado por Maiana Batazza solicitando ao Ministro da Saúde explicações reportagens relacionados à Hemobras e que levaram a receios de problemas com as compras de recombinantes. Embora ação individual, sem vinculo com a FBH, legitima pois o controle social um direito de todos. Nossa opinião. Entenda o Caso...


NOTICIAS DAS ASSOCIAÇÕES

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes




HEMOFÍLICOS FAMOSOS

Eventos que participamos e cobrimos



Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .