Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

sexta-feira, 31 de março de 2017

CRITICA SITUAÇÃO DOS HEMOFÍLICOS NA VENEZUELA

Das 4.617 pessoas com hemofilia na Venezuela, 50% são crianças. E vivem  um calvário desde abril de 2015, quando estão sem receber o  fator de coagulação que  eles precisam, 



especialmente fator VII, VIII e IX, sem os quais não podem  controlar a suas hemorragias



Antonia Luque, coordenador nacional da Associação Venezuelana de Hemofilia, durante o programa de Saúde que vai ao ar de segunda a sexta-feira, por Carabobeño Radio,  informou que devido a este problema já existem  crianças com danos irreversíveis, como pseudotumor, ou atrofias, chegando a ter que andar em cadeiras de rodas. 

Outros, infelizmente, vieram a obito.

 Só em 2015 esta Associação relata que 6 crianças morreram à espera de tratamento. 

E em 2016 um total de 18 pessoas no total, dos quais seis eram crianças. 



A hemofilia é uma doença genética que resulta em distúrbio da coagulação, o que resulta em pessoas quando eles tendem a ter lesões sangramento para uma maior em comparação com as pessoas sem tempo hemofilia.

 Desse modo ela  deve ser tratada, com a reposição do  o fator necessário para a formação de um coágulo de fibrina insolúvel, a qual impede a saída de sangu, com a contenção da hemorragia. 

 Dr. Apsara Boadas, hematologista Municipal Banco de Sangue de Caracas, também participou do programa  Radio Saúde Carabobeño,  relatou que a situação dos hemofílicos é de risco de vida. 

Segundo o  médico  os reflexos as sequelas sobre o corpo dos pacientes já é evidente.

 Muitos tiveram que deixar as seus postos de trabalho ou escolas, porque eles não recebem tratamento. 

Doutor Boadas chamou a atenção dos gestores de saúde da Venezuela  para necessidade de regular o fornecimento de fatores de coagulação mais perdas de vidas humanas pode acontecer. 

____________

Fonte: Carbobeño
Data: 29 de abril
Em: https://www.el-carabobeno.com/4-mil-617-personas-hemofilia-venezuela-50-ninos/
Tradução: Maximiliano Anarelli de Souza



Nenhum comentário:


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17

Hemo Diário

*A Saudações Hemofílicas. Nem sempre chegar é o melhor. Curtir a viagem também faz parte do jogo. Nem sempre temos tudo que queremos, mas podemos fazer o melhor Não deu certo? Recomece. Tá difícil? Mexa se, faça acontecer... tá vivo é pra viver....


* Calar e ouvir não te torna o mais fraco, mas revela. O mais forte nem sempre é o que não tem dor, mas o que a transforma em flor. Das pedras do caminho, faça pontes... A hemofilia rima com alegria sim. Tá vivo é pra viver.




Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

08/09/17


* A Associação dos Hemofílicos do Piaui esta reestruturando a sede, precisando das janelas.... lembrando que ela já foi até furtada, agora com cerca eletríca, telhado e precisa de sua ajuda pra continuar as reforma... informe se (86) 999496200 com a Izabel 988177796 e com Luíza


* Hoje mais uma turma fez radiosinoviertese no Rio de Janeiro com a doutora Sylvia Thomas. Desejando melhoras a todos./p>







GUERREIROS DE SANGUE - HISTÓRIAS

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Rafael não tem medo de agulhada, mas de faltar fator.
3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Eleição da FBH
p

LEIA TAMBÉM:



1
jamille edaes

2
Jamille e o marido, Roberto Edaes

3
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

4
jamille edaes

Eventos que participamos e cobrimos

Jamille e o marido, Roberto Edaes
Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Dia Mundial, APHISP - Campinas..
Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .