MINUTO A MINUTO

Note deu pane de novo. Tá velhinho. Seguimos na estrada... Aceito doação de um novo .



SOBRE HEMOFILIA

hemoFILIA b

,
,

ACONTECEU

mais NOTÍCIAS

publicidade:

,
PUBLICIDADE

mais historias

ANUNCIE AQUI
.
» »Da Redação » BANCADA PERNAMBUCANA SE ARTICULA CONTRA MUDANÇAS NA HEMOBRÁS

(MATEUS COUTINHO E MARCELO ROCHA 17/07/2017 /Agência O Globo)

Bancada de Pernambuco reclama que ministro da Saúde quer retirar investimento do estado Políticos pernambucanos estão possessos com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, por querer levar para o Paraná, seu estado, um empreendimento para a produção de hemoderivados. Segundo eles, o projeto esvazia outro: uma fábrica da Hemobrás em Pernambuco que já consumiu quase R$ 1 bilhão em investimentos do governo federal.

 Deputados da bancada pernambucana expuseram a situação a ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), incluindo os conterrâneos Ana Arrais e José Múcio. 


A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde divulgou a seguinte nota sobre o caso: O Ministério da Saúde informa que está em discussão proposta para dar seguimento à fábrica da Hemobrás e outros projetos de produção de hemoderivados no país. Assim, cabe ressaltar que os investimentos na empresa em Pernambuco continuarão. A proposta em discussão, apresentada pela Tecpar, prevê a realização de um consorcio entre o laboratório paranaense, o Instituto Butantan e a Hemobrás. O objetivo da medida é garantir o fornecimento desses produtos no país, usados no tratamento de doenças como hemofilia. 


O Ministério da Saúde informa ainda que está buscando uma solução para a política de sangue do país, levando em consideração todos os investimentos públicos já realizados até o momento.


A bancada de Pernambuco na Câmara dos Deputados fez mais um movimento em defesa da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás). 


Dia 14 de outubro, os deputados estiveram reunidos com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Raimundo Carreiro, e com os ministros pernambucanos Ana Arraes e José Múcio Monteiro. A reunião foi para reforçar a atenção do TCU ao pleito do estado, de que aprecie o pedido de liminar a ser emitido pelo Ministério Público Federal (MPF) para impedir o que o governo federal encerre o contrato de transferência de tecnologia firmado entre Hemobrás e a França, como vem articulando o ministro da Saúde, Ricardo Barros. 


O atual planejamento prevê a construção de uma fábrica em Goiana, em Pernambuco, iniciada em 2004, para centralizar a produção dos hemoderivados, além do fator recombinante VIII, medicamento de alto valor agregado e que vem sendo "observado" pelo ministro para ser retirado do projeto pernambucano para ser fabricado em uma nova planta, a ser construída em Maringá, no Paraná, sob nova engenharia financeira. Esse movimento tem preocupado Pernambuco pelos grandes riscos financeiros e técnicos à indústria nacional, caso seja retirado o produto de maior valor da cartela de medicamentos da unidade pernambucana. A Hemobrás tem a atualmente a Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) com o laboratório francês Baxter/Shire que prevê, até 2023, receber toda a tecnologia para produzir em território nacional o fator recombinante VIII, que hoje é importado. Além de interromper o processo, prejudica diretamente a indústria em andamento em Pernambuco, que recebeu investimentos na ordem de R$ 1 bilhão para deter a produção do produto e que não terá sustentabilidade financeira caso avance a ideia do governo federal de tirá-lo. 

 O procurador do Ministério Público no TCU, Marinus Marsico, responsável pela condução do pedido de liminar, também participou da audiência. Coordenador da bancada pernambucana, o deputado João Fernando Coutinho agradeceu a atenção dos ministros e o engajamento de todos os presentes nesta discussão. "É de fundamental importância a participação do Tribunal de Contas da União neste processo, pois é o órgão competente que pode impedir que seja desperdiçado o alto investimento que já foi feito em nosso Estado", afirmou.

Fontes:  Diário de Pernambuco em,
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2017/07/12/internas_economia,712937/bancada-pernambucana-leva-pauta-da-hemobras-ao-tcu.shtml

Época, em http://epoca.globo.com/politica/expresso/noticia/2017/07/bancada-de-pernambuco-reclama-que-ministro-da-saude-quer-retirar-investimento-do-estado.html

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga
tudo sobre hemofilia

,