MINUTO A MINUTO

Dia de fator, pra dona hemofilia amarrar e de bem com a vida ficar... .

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

HEMOBRÁS.

  • Written by Sora Templates

    Novo Ministro da Saúde diz que Hemobrás é Prioridade.

mais notícias


ESPECIAL CONGRESSO MUNDIAL

LEIA TAMBÉM


HISTÓRIAS DA HEMOFILIA

FRIO E JOELHO METEREOLÓGICO




mais acontecimentos da semana


mAIS do blog

Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

.......Mais Sobre Hemofilia

ANUNCIE AQUI
.
» »Da Redação » CONGRESSO MUNDIAL DA HEMOFILIA

Por: Maximiliano Anarelli de Souza. 16 de maio de 2018. 00: 12h


Começa dia 20  de maio   o Congresso Munndial de Hemofilia. Compartilhar conhecimento foi o tema do dia mundial da hemofilia deste ano e tem tudo a ver com o congresso,  onde informações e conhecimentos serão trocados por mais de 5000 pessoas do mundo todo que participarão do evento .

É sem dúvida  o maior encontro para a comunidade de distúrbios hemorrágicos em todo o mundo. Mas não é  só o fato de estar alinhado com o tema da Federação Mundial de Hemofilia deste ano que tem a ver com o dia mundial. 





Como se sabe  o Dia Mundial da Hemofilia é celebrado dia 17 de abril, dia do nascimento de  Frank Schnabel, que foi fundador da Federação Mundial de Hemofilia.  Mas você sabia que o primeiro encontro internacional de Hemofilia também foi promovido por ele? 

Em colaboração com líderes de um grupo de associações nacionais de pacientes, o fundador da Federação Mundial de Hemofilia (WFH), Frank Schnabel, convocou a primeira reunião mundial da WFH em Copenhague, Dinamarca, em 25 de junho de 1963. Estiveram presentes representantes de 12 países: Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Estados Unidos, França, Japão, Holanda, Reino Unido e Suécia.

O Congresso de 1968 da WFH foi um marco importante. "Foi o primeiro grande evento científico da série", escreveu o médico britânico Anthony Britten, em uma retrospectiva do 25º aniversário da WFH. "O crioprecipitado foi claramente uma realidade. Concentrados liofilizados estavam cada vez mais disponíveis. As cirurgias estavam se tornando seguras para a maioria dos hemofílicos. Carol Kasper relatou extrações dentárias em pacientes ambulatoriais. Foi uma época em que parecia não haver limites ".

Em 1983, durante o Congresso da WFH em Estocolmo, Suécia, o médico americano Bruce Evatt apresentou dados mostrando uma relação entre a infecção com o vírus da imunodeficiência humana (HIV) em pacientes com hemofilia e o tratamento com concentrados derivados do plasma. . Depois desse congresso, a WFH estabeleceu o Centro Mundial para Hemofilia e Aids, em colaboração com o Hospital Ortopédico de Los Angeles, para oferecer acesso rápido a informações vitais sobre a doença.

Nos anos seguintes, a WFH cresceu a um ritmo acelerado. Ele realizou congressos em todo o mundo regularmente e criou uma rede mundial de provedores de assistência médica, associações nacionais de hemofilia e pessoas com hemofilia e suas famílias. O Congresso Mundial da WFH tornou-se um ponto focal para os médicos interessados ​​em abordar o status do tratamento e pesquisa da hemofilia, bem como da comunidade de hemofilia em geral. As conversas foram realizadas com foco em aspectos não assistidos e acelerando o uso do conhecimento existente.

Na época dessas reuniões, surgiu uma verdadeira rede global de hemofilia cujo tamanho e influência continuam a crescer. Frank Schnabel, o fundador da WFH, considerou que um dos aspectos mais importantes da WFH é oferecer um mecanismo para a troca de informações em escala global. O objetivo original de reunir a comunidade mundial de distúrbios hemorrágicos permanece tão relevante hoje como foi durante a primeira reunião em 1963.
O congresso começa dia
20,  em  Glasgow, mas já a pessoas viajando para o evento.



Esse é  o XXXIII Congresso Internacional da FMH e  reunirá  participantes de mais de 134 países do mundo.



O objetivo é   fomentar a colaboração, o estabelecimento de redes e relações para a transferência de conhecimentos e debater o tratamento da hemofilia no mundo e os  problemas existentes.

O Congreso reúne todos os membros da comunidade de pacientes, junto com uma gama de profissionais de distintas especialidades,  como hematólogos, pediatras, cirurgiões ortopédicos, fisiologistas, fisioterapeutas, dentistas, enfermeros, trabajadores sociais, psicólogos, genetistas, técnicos de laboratório, cientistas, legisladores e ativistas.


Traz ainda a  oportunidade para estabelecimento de contatos e  compartiharmento de experiencias.


Esse ano o  Congresso Mundial  acontece em  Glasgow, Reino Unido, en el Campus Escocés de Eventos.


Fonte: Federação Mundial de Hemofilia e The Haemophilia Societ

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:


mais do blog

Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois


.......
Mais Sobre Hemofilia