Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

BETINHO - Herbert José de Sousa

"A alma da fome é política!" A afirmação de Herbert José de Sousa - o Betinho - nada tem de enigmática. Ela ilustra exemplarmente uma vida de lutas, de empenho e de trabalho pela cidadania e pela vida."

Herbert José de Sousa, conhecido como Betinho, foi um sociólogo e ativista dos direitos humanos brasileiro. Concebeu e dedicou-se ao projeto Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida.Wikipédia
  • Herbert José de Sousa (Betinho) 


  • Nascimento13 de novembro de 1935Bocaiúva (MG)



  • Falecimento: 9 de agosto de 1997, Rio de Janeir



  • Herbert José de Sousa foi o quarto filho de uma família de oito irmãos, entre os quais o cartunista Henfil e o músico Chico Mário. Sua infância foi marcada por fatos incomuns. Já nos primeiros dias de vida, teve hemofilia, uma doença no sangue que impede a coagulação.

    Passou oito anos morando numa penitenciária, onde seu pai trabalhava.

    Herbert de Sousa começou a sua militância política na Juventude Católica, em Belo Horizonte. Estudou na Universidade de Minas Gerais e formou-se em sociologia em 1962. Trabalhou depois no Ministério da Educação e Cultura e na Superintendência de Reforma Agrária.



    Depois do golpe militar de 1964, Betinho engajou-se na resistência contra a ditadura. Passou sete meses no Uruguai e depois, de volta ao Brasil, foi trabalhar como operário na cidade paulista de Mauá.

    Em 1971, Herbert de Sousa partiu para o exílio. 

    Morou em diversos países. No Chile, deu aulas na Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais e assessorou o presidente Salvador Allende, deposto em 1973 pelo general Augusto Pinochet. Escapando da ditadura chilena, Betinho exilou-se no Canadá e depois no México. Fez doutorado e foi professor na Universidade Autônoma do México.

    Com a anistia política, em 1979, Herbert José de Sousa retornou ao Brasil. 

    Tornou-se um dos símbolos da resistência política. Dois anos depois, fundou o IBASE (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas).

    Herbert de Sousa foi um dos primeiros intelectuais a advogar em favor das organizações não-governamentais, que não dependem do estado nem da iniciativa privada. Foi também um dos fundadores da campanha nacional pela reforma agrária.



    Em 1990, o movimento Terra e Democracia, que Betinho liderava, reuniu no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, milhares de pessoas para lutar pela democratização da terra.


    Herbert de Sousa teve confirmado o diagnóstico de sua contaminação pelo HIV, o vírus causador da Aids, em 1985, contraído numa de suas inúmeras transfusões de sangue no tratamento da hemofilia.
    No ano seguinte, fundou a ABIA, uma associação para lutar pelos direitos das pessoas portadoras do HIV ou dos doentes com Aids. Betinho dirigiu essa organização por onze anos.
    A doença atingiu também sua família: no período de um ano, Betinho perdeu dois irmãos vítimas da Aids. A maneira de lidar com a doença foi falar sobre ela. Herbert de Sousa iniciou uma grande campanha nos meios de comunicação para esclarecer as pessoas sobre a doença.
    Em 1992, Betinho liderou o movimento pela Ética na Política, que culminou com o impeachment do então presidente Fernando Collor, em setembro do mesmo ano. Esse movimento plantou os alicerces do movimento Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida. A partir da participação de Betinho, o problema da fome e da miséria tornou-se visível e concreto para todos os brasileiros.

    Resultado de imagem para frases betinho

    Herbert de Sousa abriu várias frentes de trabalho, principalmente no seu relacionamento com a mídia. Em 1993, foi considerado "homem de ideias do ano", pelo Jornal do Brasil.


    Depois de muito lutar contra a doença, Betinho faleceu em 1997, aos 61 anos, em sua casa, no bairro do Botafogo.



     


    mais sobre hemofilia



    .

    Nenhum comentário:


    Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

    08/09/17

    Hemo Diário

    *A Saudações Hemofílicas. Nem sempre chegar é o melhor. Curtir a viagem também faz parte do jogo. Nem sempre temos tudo que queremos, mas podemos fazer o melhor Não deu certo? Recomece. Tá difícil? Mexa se, faça acontecer... tá vivo é pra viver....


    * Calar e ouvir não te torna o mais fraco, mas revela. O mais forte nem sempre é o que não tem dor, mas o que a transforma em flor. Das pedras do caminho, faça pontes... A hemofilia rima com alegria sim. Tá vivo é pra viver.




    Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

    08/09/17


    * A Associação dos Hemofílicos do Piaui esta reestruturando a sede, precisando das janelas.... lembrando que ela já foi até furtada, agora com cerca eletríca, telhado e precisa de sua ajuda pra continuar as reforma... informe se (86) 999496200 com a Izabel 988177796 e com Luíza


    * Hoje mais uma turma fez radiosinoviertese no Rio de Janeiro com a doutora Sylvia Thomas. Desejando melhoras a todos./p>







    GUERREIROS DE SANGUE - HISTÓRIAS

    3
    Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
    Rafael não tem medo de agulhada, mas de faltar fator.
    3
    Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
    Eleição da FBH
    p

    LEIA TAMBÉM:



    1
    jamille edaes

    2
    Jamille e o marido, Roberto Edaes

    3
    Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"

    4
    jamille edaes

    Eventos que participamos e cobrimos

    Jamille e o marido, Roberto Edaes
    Encontro Rio São Paulo de Hemofilia -RJ,
    Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
    Dia Mundial, APHISP - Campinas..
    Kalil chegou a ligar para o atacante Fred: "É o maior centroavante do Brasil há anos"
    Divulgando o Dia Mundial da Hemofilia Na Praça Sete. .

    Google+ Badge