.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

ATIVIDADE FÍSICA, MUSCULAÇÃO E HEMOFILIA

Ao contrário do que se possa pensar, pessoas com hemofilia podem praticar musculação.

Pesquisa feita com jovens e idosos, mostra que exercícios de musculação, feitos rapidamente, com pesos leves, podem aumentar a força dos músculos tanto quanto aqueles em que se levantam cargas pesadas lentamente. A conclusão é da Escola de Educação Física e Esporte da USP.





Com o exercício, as fibra musculares, feitas de proteínas, aumentam de volume.  Isso mostra que o corpo pode chegar ao mesmo resultado por diferentes caminhos, contrariando a máxima das academias que recomendam treinos de forças mais pesados.

Uma Dica Importante: Respeite seus limites, aprenda a conhecer seu corpo e seus sinais e respeite-os. Em caso de necessidade, use fator - sempre, na dúvida trate.



ANALÍSE DA NOTÍCIA:

Essa notícia é importante para os hemofílicos, pois, recentemente, a musculação vem sendo indicada como benéfica para quem tem hemofilia, porém, não há conscensso, pois embora traga vantagens como ganho de força, mobilidade, tônus muscular que evitam hemorragias, durante a prática, podem justamente surgir hemorragias – daí que, já que exercícios mais leves e portanto de menor impacto e risco de hemorragias tem os mesmo efeitos, pode representar novidades na prevenção de hemorragias na hemofilia.


Um Exemplo Prático de Musculação na Hemofilia






Veja alguns benefícios que a musculação pode trazer:
Com a prática regular da musculação, há uma grande melhora na parte estética, pois trabalhando os músculos, você irá modelar o seu corpo. A musculação ajuda a eliminar gordura e aumenta a massa muscular, fazendo com que você fique mais saudável e esteticamente bonito.

- Ao treinar, você estará exercitando não só o corpo, mas também seu cérebro, que fica mais eficiente no comando da massa muscular, trazendo melhoria dos aspectos cognitivos (atenção, concentração, memória e aprendizagem).

- A musculação torna o coração mais saudável. Até pouco tempo, apenas as atividades aeróbias eram recomendadas para a saúde cardíaca, mas isto vem mudando.  A musculação treina o coração para esforços intensos, enquanto os exercícios aeróbios preparam o coração para atividades suaves e prolongadas. Quando a pessoa fortalece os músculos, a frequência cardíaca e a pressão arterial sobem menos com o esforço. Os exercícios de musculação nos membros inferiores do nosso corpo, ajudam o sangue a retornar ao coração (músculos da perna fortes contraem durante o movimento ajudando a empurrar o fluxo sanguíneo de volta para o coração).

- A musculação melhora a postura, pois a maioria dos casos de dores nas costas é relacionada à fraqueza muscular e à falta de flexibilidade. Assim sendo, o trabalho com peso é indicado nestes casos, pois os músculos (que sustentam os ossos) se tornam mais resistentes.

- Melhorias na socialização e nos relacionamentos interpessoais, pois com a sua autoestima elevada, torna-se mais confiante e de bem consigo mesmo. - Melhora no bem estar, devido à liberação das endorfinas (hormônio do bem estar) e no sono, pois ganhamos um sono mais tranquilo, proporcionado pelo relaxamento dos músculos e ainda, diminui o risco de insônia.

- A musculação mantém você jovem. Com o avanço da idade, há uma perda de força e de massa muscular. Mas quem faz musculação, retarda esse envelhecimento. A perda da massa muscular é minimizada para quem faz exercícios com peso (musculação). - A musculação ajuda a emagrecer. Todos os exercícios ajudam na perda de peso. Em todos há um gasto calórico, uns menos, outros mais. A longo prazo, os exercícios com peso apresentam um importante papel, pois aumentam a taxa metabólica basal e com o gasto calórico diário maior, queimamos mais calorias e com isso, diminuímos as reservas de gordura corporal.


Com a prática da musculação você também pode prevenir doenças, entre elas:
Osteoporose -  musculação estimula a produção de células ósseas fixando cálcio e aumentando a densidade óssea. Quando os músculos são fortalecidos, propiciam maior estabilidade nas articulações, promovendo menor desgaste entre as cartilagens. Quanto maior é a massa muscular, mais o organismo queima glicose (substância que em excesso no sangue causa o diabetes). 

Hipertensão - O principal benefício é a diminuição da pressão arterial em repouso, o que se torna uma aliada no tratamento da hipertensão arterial e, consequentemente, como um agente facilitador da boa qualidade de vida. Para melhores resultados é indicada a combinação da musculação com alguma atividade aeróbia (caminhadas, corridas, pedaladas) promovendo assim uma melhora no conjunto ósseo muscular, cardíaco e respiratório do indivíduo. É importante lembrar que para cada objetivo existe um tipo de treinamento específico, inclusive na alimentação. A ingestão de nutrientes é essencial para fornecer energia, aumentar massa muscular, reduzir gordura, ajudar na manutenção do sistema imunológico e definir o corpo. Praticando a musculação com envolvimento, sem dúvida, você terá muitos benefícios. Contudo, é necessário ter disciplina, seguir a orientação dos profissionais especializados e respeitar os seus limites. 

VOLTAR PARA PÁGINA INICIAL 


.

mais sobre hemofilia




Reações:

1 comentários:

Anônimo disse...

Achei muito interessante este vídeo e o treinamento deste professor, gostria de saber se voces tem algum contato desta academia, pois meu filho é hemofilico e gostaria de falar com este profissional,m obrigada, luiza