Diário de Um Hemofílico de Bem Com A Vida e Notícias e Tudo Sobre Hemofilia

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Policia Federal desmonta esquema de corrupção na Hemobrás

09/12/2015, 12h13 3

Operação da Policia Federal faz buscas em dependências da Hemobrás, ação tem objetivo de apurar atos ilícitos e corrupções dentro da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia.


A Hemobrás hoje é a responsável por distribuir os medicamentos para tratamento da hemofilia e no futuro deve produzir os mesmos no Brasil, processo realizado através de transferência de tecnologia com a Baxter; confira a reportagem sobre a operação, e a nota da Federação Brasileira de Hemofilia  sobre o caso. Confira a nota de resposta da Hemobrás. 

Efetivo de 170 policiais cumpre mandados de buscas e prisões; foram afastados dois diretores da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia em Pernambuco fabrica hemobras Fábrica da Hemobras. Divulgação A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 9, a Operação Pulso com objetivo de reprimir a atuação de uma organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), em Pernambuco. 


 Estão sendo cumpridos nos Estados de Pernambuco, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo 28 mandados de busca e apreensão, além de 29 depoimentos mediante intimações e dois mandados de prisão temporária, expedidos contra empresários com atuação na empresa pública. 



Também é alvo da Operação Pulso um lobista que age em Pernambuco, Piauí e no exterior. 

A PF informou que foi autorizado ainda o afastamento de 3 integrantes da Hemobrás, sendo dois membros da sua Diretoria. Foram mobilizados 170 policiais federais para cumprir as medidas previstas nesta fase, que recai sobre ilícitos em diversos licitações e contratos de logística de plasma e hemoderivados, bem como na própria obra de construção da fábrica em Goiana, Pernambuco.  

A Hemobrás tem a missão de alcançar autonomia tecnológica na produção de medicamentos derivados do sangue necessários para abastecimento de pacientes da rede pública de saúde brasileira. Durante a operação, segundo a PF, percebeu-se que inúmeras amostras de sangue coletado que deveria ser transformado em medicamentos contra a hemofilia e outras doenças deixaram de ser fabricados em virtude de ter sido armazenado de forma inadequada tornando-se inapropriado para a produção dos medicamentos. 

Os delitos investigados são peculato, corrupção passiva e ativa, fraude à Lei de Licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Segundo o G1, No momento da operação, enquanto a policia federal chegava para cumprir os mandatos, dinheiro foi jogado por uma das janelas, supostamente para se livrar de provas o dinheiro teria sido arremessado para fora. Isso pode ser visto em vídeo no site do G1.



Segundo informações da Polícia Federal, foram afastados e conduzidos para averiguação os Diretores Rômulo Maciel Filho e Mozart Sales e 28 mandados de busca e apreensão foram realizados. Os desvios podem ter ocorrido por meio de obras e contratos superfaturados e os recursos podem ter sido usados para irrigar campanhas eleitorais. 



A Hemobrás é responsável pelo recolhimento do plasma excedente do Hemocentros públicos e seu posterior encaminhamento para o fracionamento pela empresa francesa LFB. Um dos contratos suspeitos diz respeito ao armazenamento deste plasma que ultimamente era feito em caminhões frigoríficos. O contrato inicial no valor de R$ 880.000 foi majorado para R$ 8,3 milhões sem o devido processo licitatório. 


A PF também estima que houve desperdício massivo do plasma recebido o que ocasionou perda de R$ 9 milhões. 

 A Hemobrás também é responsável pela compra e distribuição dos fatores de coagulação usados para o tratamento de pacientes hemofílicos o que causa preocupação nos médicos e pacientes ante a possível interrupção deste fornecimento. 

A ABHH (Associação Brasileira de Hemoterapia e Hematologia) ao longo dos últimos anos denunciou a falta de transparência nos negócios da Hemobrás e solicitou, por várias vezes, assento, como representante dos especialistas em hematologia e hemoterapia, no Conselho da Empresa, pleito este que nunca foi considerado. 

 A ABHH espera que, apesar das graves irregularidades apontadas, o fornecimento de medicamentos aos pacientes não seja interrompido e que o governo aproveite a oportunidade para sanear esta empresa que é de todos os brasileiros. (Veja Nota da ABHH abaixo)

Os porta-vozes da ABHH estão disponíveis para abordar a questãossociação de Médicos acompanha Operação Pulso com preocupação 09/12/15 tamanho da fonte A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), formada por médicos e profissionais da área de sangue e hemoderivados, acompanha com preocupação a Operação Pulso, da Polícia Federal, deflagrada hoje (9) e que busca reprimir a atuação de uma organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da Hemobrás – Empresa Brasileira de Hemoderivados. 


 Segundo informações da Polícia Federal, foram afastados e conduzidos para averiguação os Diretores Rômulo Maciel Filho e Mozart Sales e 28 mandados de busca e apreensão foram realizados. Os desvios podem ter ocorrido por meio de obras e contratos superfaturados e os recursos podem ter sido usados para irrigar campanhas eleitorais. 

A Hemobrás é responsável pelo recolhimento do plasma exedentes dos hemocentros públicos e seu posterior encaminhamento para o fracionamento pela empresa LFB. Um dos contratos suspeitos diz respeito ao armazenamento deste plasma, últimamente feito em caminhões frigoríficos. 

O contrato inicial no valor de R$ 880.000,00 foi majorado para R$ 8,3 milhões sem o devido processo licitatório. A PF também estima que houve desperdicio massivo do plasma recebido, o que ocasionou perda de 9 milhões. 


FONTES:   ESTADÃO,   POR ANDREZA MATAIS, DE BRASÍLIA, MATEUS COUTINHO E FAUSTO MACEDO, G1, Folha de São Paulo, ABHH, RS PRESS.





NOTA DA FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HEMOFILIA

Diante da notícia sobre a operação da Polícia Federal contra uma organização suspeita de desviar dinheiro público da Hemobrás, a Federação Brasileira de Hemofilia espera que a Polícia Federal faça todas as ações necessárias para moralização da empresa e que todos os envolvidos sejam duramente punidos. A FBH exige que todas as ações, judiciais ou políticas que forem necessárias sejam feitas com transparência e preservando o tratamento das pessoas com hemofilia e os avanços conquistados nos últimos anos.

 A FBH defende e sempre vai defender uma empresa que garanta o futuro do tratamento e a autossuficiência da produção do medicamento no país mas esta empresa está descolada de sua diretoria. Repudiamos as ações destes envolvidos de maneira veemente e estamos muito preocupados com um provável desabastecimento de medicamentos para o ano de 2016. Sabemos que o contrato de aquisição de fator VIII recombinante entre a Hemobrás e o MS, já deveria ter sido assinado e não o foi. 

Em função disso, queremos alertar a população e o MS sobre a falta de fator VIII recombinante para tratamento de mais de 12 mil pessoas com hemofilia a partir de fevereiro/2016. Solicitamos ao Ministério da Saúde, compras emergenciais de fator VIII a fim de evitar o desabastecimento. Como é de conhecimento de todos, A FBH vem batalhando pela reposição dos estoques estratégicos dos fatores de coagulação desde final de 2014 em reuniões com MP, TCU e MS. Tem acompanhado o prejuízo que os pacientes e familiares estão sofrendo com a ausência do estoque estratégico de medicamento dos estados e agindo com o auxilio dos órgãos de controle , para a solução. 

 A FBH continuará exigindo do poder publico o melhor tratamento , com medicação de qualidade, em quantidade adequada.
  __________________________

O que é a Hemobrás 

Após a realização da Operação Pulso da Polícia Federal hoje (9/12) pela manhã, a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia – Hemobrás informa que a empresa está colaborando com as investigações. A Hemobrás frisa também que as ações da Operação não atrapalham o funcionamento da empresa nem o cumprimento dos seus prazos já estabelecidos na entrega de medicamentos em todo o território nacional.


_________________

NOTA DA ABHH

Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia acompanha e espera que operação pulso não prejudique tratamento de hemofilia. Associação de Médicos acompanha Operação Pulso com preocupação 09/12/15 tamanho da fonte A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), formada por médicos e profissionais da área de sangue e hemoderivados, acompanha com preocupação a Operação Pulso, da Polícia Federal, deflagrada hoje (9) e que busca reprimir a atuação de uma organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da Hemobrás – Empresa Brasileira de Hemoderivados. A ABHH espera que, apesar das graves irregularidades apontadas, o fornecimento de medicamentos aos pacientes não seja interrompido e que o governo aproveite a oportunidade para sanear esta empresa que é de todos os brasileiros. Os porta-vozes da ABHH estão disponíveis para abordar a questão.





.

mais postagens

Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

Juntos Somos Mais Fortes...

No que estiver a nosso alcance ajudamos. O Jhoset Velasques diante das dificuldades na Venezuela veio pro Brasil... nós pediu contato de alguém que possa ajuda-lo. O Geovane tem Vonwillebrand e não está conseguindo profilaxia. Estamos tentando ajudar..


Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois

Com Prevenção, Férias É Só Curtição.

Acho que até dona hemofilia tirou férias e foi pra Sibéria, eu colocando atividade física em dia e a leitura, pretendo acampar. Mães a beira de um hemoinfarte pelas estrepulias dos pequenos. Publicamos dicas de segurança pra férias seguras. .

+Leia Tudo.


LEIA TAMBÉM:



HEMOFILIA E HEMOFÍLICOS

tudo sobre hemofilia

ASSOCIAÇÕES
APH
Festa de fim de ano do HC-SP.Dia mundial no museu.
CHESP
AHESC
Halowen agita crianças no CHESP.AHESC com móveis novos.

tudo sobre hemofilia

AVENTUREIROS

ESCALADA
Um dos vencedores era hemofílico.Adventures Of Hemophilic, escalando pela hemofilia.
DESÁFIO
ENCONTRO
Hemofílicos no Desafio de Caribe, Ermanamento Brasil Venezuela.

HEMOFÍLICOS FAMOSOS